Publiquei recentemente nos meus perfis de redes sociais uma foto da capa do livro “Repensando uma Década : a Construção da CUT na Bahia nos anos 80” editado pelo Centro Editorial Didático da UFBa (embrião da atual Editora da UFBa) em praceria com o CEPAS – Centro de Estudos, Pesquisa e Assessoria Sindical, com o CEAS – Centro de Estudo e Assessoria Sindical e com o Mestrado de Sociologia da UFBa.

O livro foi organizado por Antonio Sérgio Guimarães, Fanny Rubio, Fernando Lopes, Gabriel Kraychete, Nadia Araújo e Pery Falcon. È dividido em tres partes a saber: Reflexões iniciais onde se delineia o cenáriopolítico e econômico da década de 80, 13 entrevistas com dirigentes sindicias cutistas deste período e o relato de seminários temáticos também com a participação de sindicalistas.

E qual a razão deste meu entusiasmo repentino ?

Observo que este livro é o último registro da história da CUT Ba. E caso não haja um trabalho de resgate esta memória se perde no tempo. Então estou me desafiando a realizar neste ano de 2022 dez entrevistas com personagens dos momentos que antecederam a criação da CUT Ba, alguns inclusive não acompanharam a CUT na sua fundação. E em paralelo comentar as treze entrevistas a partir do meu olhar atual; a leitura destas enttrevistas é parte da preparação do trabalho que pretendo levar a cabo.

E, quem sabe, recuperar os documentos e registros desta época sabendo de antemão que muito se perdeu durante a caminhada.