A Congregação para a Doutrina da Fé e o Dicastério para o Serviço ao Desenvolvimento Humano Integral, órgãos do Vaticano, produziram um longo e duro texto com críticas à atuação do mercado financeiro e com proposições de regulação e de tributação de transações financeiras internacionais. O documento foi aprovado pelo Papa Francisco e publicado com o nome Oeconomicae et pecuniariae quaestiones (leia em portugues clicando aqui).

Dada a relevância do tema e a contundência do texto seria razoável esperar que a imprensa brasileira desse algum destaque. Afinal de contas o Papa Francisco é tratado pela TV, principalmente, como um Papa antenado nas questões contemporâneas. É fato, mas quando estas questões afetam os “donos” do poder real a nossa se TV se omite.

Para não ficar apenas nas reclamações seguem alguns links sobre a repercussão na imprensa católica estrangeira :

E onde encontro estas informações cotidianamente ? – o Instituo Humanitas da UNISINOS tem um site informativo muito bom, de inspiração progressista e mais contundente que boa parte da nossa esquerda contemporânea. Neste site, clique aqui, você vai encontrar um campo para informar seu email e assinar um boletim diário com notícias que interessam aos movimentos sociais e aos segmentos progressistas da Igreja Católica. Vale a pena em tempos de opção ideológica clara da imprensa brasileira.